Mensagem da CGAN pelo dia do nutricionista

31 de agosto de 2020, Sem categoria

Secretaria de Atenção Primária manda recado aos nutricionistas da APS

Dia do Nutricionista destaca importância do profissional para a promoção da alimentação saudável no território

No dia do Nutricionista, a Secretaria de Atenção Primária a Saúde (SAPS) quer dialogar com os nutricionistas da APS. Acreditamos que eles são fundamentais e contribuem pelo fortalecimento da intersetorialidade, da promoção da saúde, do acesso, qualidade e integralidade do cuidado no indivíduo, família e comunidade, promovendo ambientes sustentáveis e mais saudáveis.
Sabemos que a alimentação inadequada é o fator de risco que mais impacta na carga da doença dos brasileiros. O sobrepeso e a obesidade são as condições mais prevalentes na população brasileira resultantes da alimentação inadequada. O excesso de peso acomete mais da metade da população adulta (56,9%) sendo 80% dos indivíduos diabéticos e hipertensos, e atingindo uma em cada três crianças brasileiras. A condição é responsável pelo aumento de uma série de outras doenças crônicas, como a hipertensão, o diabetes e o câncer, que também acabam por onerar o SUS.
Nesse contexto, o aprimoramento da agenda de alimentação e nutrição no âmbito da APS é importante. Em especial da vigilância alimentar e nutricional e da promoção da alimentação adequada e saudável, essenciais para fortalecer os atributos da APS. Este é o nível de atenção ideal para promover mudanças de estilo de vida e manejo de fatores de risco, e requer profissionais se sintam aptos a fornecer intervenções de maior duração e frequência.
Portanto, neste dia, queremos parabenizar estes profissionais e convidá-los a conhecerem, em anexo, um compilado de publicações para promover a alimentação saudável no território. Vamos seguir fortalecendo a agenda de alimentação e nutrição juntos!
Feliz dia do nutricionista!

“Para garantir a atenção integral à saúde da nossa gente
Os cuidados em alimentação e nutrição não devem faltar
Mas, estes não podem deixar de considerar
Tanto o coletivo quanto o singular
Não devendo agir para enquadrar todo mundo no mesmo lugar
Seja de IMC ou de hábito alimentar
Que por ambientes alimentares saudáveis devemos pelejar
Mas, lembrando do nosso dever também com o tratamento,
A reabilitação e a redução de danos não podemos nos esquivar
Que a garantia do Cuidado que muitos indivíduos demandam em cada lugar
Dessa grande rede SUS que a todos os brasileiros tenta abraçar
Seja o foco de quem na gestão ou na assistência decidiu trabalhar
A organização da atenção nutricional no SUS que aí está” –
Editado e adaptado (Kelly Alves)”